Tese Defensiva em Acusação por Importação de Anabolizantes.

RE 979962, julgou inconstitucional a pena (desproporcional) de 10 a 15 anos e multa prevista no artigo 273 do Código Penal, com efeito repristinatório, abrindo-se caminho para tese defensiva criminal para a pena de 1 a 3 anos e multa.


Ao caso, tratando-se de anabolizantes, conforme entendimento jurisprudencial e doutrinária, o tipo penal é o no art. 273, § 1º-A e § 1º-B, incisos I e V, Código Penal:


Art. 273 - Falsificar, corromper, adulterar ou alterar produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais: (Redação dada pela Lei nº 9.677, de 2.7.1998)


Pena - reclusão, de 10 (dez) a 15 (quinze) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 9.677, de 2.7.1998)


[...]


§ 1º-A - Incluem-se entre os produtos a que se refere este artigo os medicamentos, as matérias-primas, os insumos farmacêuticos, os cosméticos, os saneantes e os de uso em diagnóstico. (Incluído pela Lei nº 9.677, de 2.7.1998)


§ 1º-B - Está sujeito às penas deste artigo quem pratica as ações previstas no § 1º em relação a produtos em qualquer das seguintes condições: (Incluído pela Lei nº 9.677, de 2.7.1998)


I - sem registro, quando exigível, no órgão de vigilância sanitária competente; (Incluído pela Lei nº 9.677, de 2.7.1998)


[...]


V - de procedência ignorada; (Incluído pela Lei nº 9.677, de 2.7.1998)


[...]



A tese de repercussão geral firmada foi a seguinte:


"É inconstitucional a aplicação do preceito secundário do artigo 273 do Código Penal, com a redação dada pela Lei 9.677/1998 - reclusão de 10 a 15 anos - à hipótese prevista no seu parágrafo 1º-B, inciso I, que versa sobre a importação de medicamento sem registro no órgão de vigilância sanitária. Para esta situação específica, fica repristinado o preceito secundário do artigo 273, na redação originária - reclusão de um a três anos e multa".


Assim sendo, utilize o teor acima e compartilhe o resultado.


Até mais.


Silvio Ricardo Maciel Quennehen Freire

Advogado

silvioricardofreire.adv@gmail.com

@silviofreireadv

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo